SINDSEP - SP

Sindicato dos Trabalhadores na Administração Pública e Autarquias no Minicípio de São Paulo

SINDICALIZE-SE

Funcionalismo

11/05/2022 - 17:18

Coordenadora da região Sueste recém-empossada visita unidades para se apresentar e dialogar sobre a Campanha Salarial

A coordenadora da Região Sudeste, recém-empossada, Maria Mota, visitou as unidades UVIS Jabaquara, Laboratório Flavio Giannotti, SEME e Espaso, nesta terça-feira (10), para se apresentar e debater com os servidores e servidoras a Campanha Salarial 2022.

 

Na Uvis Jabaquara, servidores apresentaram suas dúvidas sobre aposentadoria e sobre o piso salarial. A dirigente explicou que o Sindsep está estudando para poder fazer uma nota explicativa e orientações de como fazer o requerimento. Para aprofundar o debate sobre a previdência, Maria Mota, fará um encontro com os trabalhadores para discutir a pauta acrescida da discussão sobre saúde mental.

No Laboratório Flavio Giannotti, a dirigente se apresentou e juntamente com a assessora da Secretária de Saúde do Trabalhador, Elionara Ribeiro, dialogou sobre as condições atuais de trabalho na unidade.  A proposta é elaborar um relatório técnico com as condições atuais encontradas e reapresentar o conteúdo na mesa da saúde. A dirigente aproveitou ainda para debater com os servidores e servidoras da unidade sobre a campanha salarial 2022.

 

A coordenadora também esteve na Secretaria Municipal de Esporte, dialogando com a também recém-eleita presidenta da CIPA Marli, que reafirmou a parceria com o Sindsep na continuidade das ações da nesta nova gestão da Comissão. Além de dialogarem sobre a Campanha Salarial e acertar uma nova visita na reunião da Cipa para conhecer os trabalhadores. Maria e Elionara ainda foram convidadas para participar da Sipat e na construção do Mapa de riscos da unidade.

No Espaso – Espaço Público do Aprender Social, que faz parte da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social, observou-se que passado um ano da visita técnica de Elionara, o prédio continua sem reparos, apresentando inúmeras infiltrações e inadequações já apontados em relatório anterior. Iniciou-se a discussão sobre RSU e debateu-se sobre a Campanha Salarial com as trabalhadoras.

 

Em todas as unidades foi reforçado a importância de todos e todas se somarem a mobilização do dia 18 de maio, às 15 horas, em frente à Prefeitura. Para juntos exigir do prefeito Ricardo Nunes, reposição salarial, chega de 0,01% e a revogação do confisco dos aposentados de 14%.

[voltar]